Crochê Lover

Sou apaixonada por crochê, acho que esse amor todo vem de família; minha avó paterna fazia crochê muito bem – e muito rápido – e minha avó materna vira e mexe me ensina alguns pontinhos, além das tias que também são super habilidosas nessa técnica.

No fim de 2010, teve o boom das pulseirinhas de crochê, e daí então essa trama tão linda, que andava meio esquecida, tem aparecido bastante em acessórios e roupas.

Algumas das minhas coisinhas:

Os cintos faz tempo que não uso, mas estou ensaiando à volta | A "febre" dessas pulseirinhas já passou, mas continuo usando misturadas com outras | O colete era da minha mãe e é tipo farda pra mim; a trama é, na verdade, uma versão industrializada dos pontos do crochê.

Dentre as tantas maravilhas de crochê que tem aparecido por aí, o que mais me chamou a atenção foi a linda bolsa Dolce & Gabbana – pequena bagatela de $1. 775. Vendo o blog da marca Acessórios, vi essas duas fofuras (a neon é minha favorita), não sei o preço mas com certeza é bem mais acessível que a D&G!

Um dia com disposição vou tentar fazer uma versão mais simples! (Fotos: Net-a-porter e Use Acessórios)

* Para quem quer aprender a fazer crochê mas não tem uma vózinha fofa para ensinar, vale conhecer a Crochet School, dentro do site Craftyminx, lá tem vários vídeos e tutorias super bacanas!

* Também vale conhecer o trabalho da Vanessa Montoro, estilista brasileira que cria peças incríveis em tricô e crochê.

Que o crochê continue sempre sendo usado e revisitado pelas marcas e consumidores!

Anúncios